O Jejum no Ramadan

O Ramadan terminou, jah estamos no Eid e estou devendo o topico sobre jejum!!! Entao, lah vamos nos!!!

O Jejum eh um dos 5 pilares do Islam. A razao para se jejuar eh para darmos valor a tudo o que temos, saber que nossa fome serah saciada em horas ou minutos, enqto muitas pessoas no mundo nao tem como.

O jejum comeca na oracao do Fajr (a 1a. oracao do dia) e termina na oracao do Maghrib (a 4a. oracao do dia). Durante essas horas, q variam de pais pra pais e de epoca do ano pra epoca do ano, o muculmano se abstem de alimentos e bebidas e tambem de acoes negativas (como brigar ou discutir ou fofocar), de cigarro e de relacoes intimas.

O jejum serve como treino do auto-controle e de despertar o senso de gratidao a Allah por todas as bencaos e gracas. Ele serve para meditarmos a respeito de como estamos vivendo nossas vidas, de se estamos sendo bons muculmanos ou nao, enfim, um momento de reflexao para reconstrucao de um eu melhor e de fortalecimento do iman (feh).

Publicado em Islam | Marcado com , , , , , , , | 1 Comentário

Meu 2º Ramadan

Bom, este é meu 1º Ramadan, como muçulmana; mas o 2º que presencio.

Neste ano, não sou apenas uma curiosa observadora, como fui no ano passado; sou um membro ativo, um membro participante deste momento muito importante na vida de todo muçulmano.

Este post é mais uma explicação sobre o que seria o Ramadan, agora, com mais detalhes. 😀

O Ramadan é o mês sagrado islâmico. É o mês em que o Sagrado Alcorão começou a ser revelado pelo Anjo Gabriel ao Profeta Mohamed (SAWS).

Ramadan é o 9º mês do calendário islâmico, que se utiliza do calendário lunar – baseado na observação das fases da lua, em que o início de cada mês é identificado com a visão do novo crescente, tendo uma diferença de cercar de 11 dias a menos que o calendário gregoriano, começando e terminando em diferentes períodos do ano. Exemplo da dinâmica do calendário lunar: ano passado, o Ramadan começou em 1º de agosto; neste ano, começou em 20 de julho.

O jejum no mês do Ramadan é um dos 5 pilares do Islam (o 1º é a profissão de fé – shahada ; o 2º são as 5 orações obrigatórias que se deve rezar durante o dia em horários pré-determinados; o 3º  é o jejum no Ramadan; o 4º é a caridade – zakat e o 5º é a peregrinação à Meca – hajj – se você tem condições de saúde e financeiras de a fazer).

O jejum começa com a 1ª oração do dia, o fajr (que, no Oriente Médio, está sendo por volta das 03h30) e termina na 4ª oração, o maghrib (que, atualmente, é em torno das 18h50). Ainda há a 5ª oração do dia e uma noturna extra, chamada taraweeh.

Antes do fajr, normalmente, as pessoas tomam o “café-da-manhã”,  e quando é chamada a oração, inicia-se o jejum.

No próximo tópico, explicarei como funciona o jejum e qual a razão dele ser praticado.

Publicado em Islam, Kuwait style of life | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | 5 Comentários

1 ano e 10 meses de Kuwait

Hoje, faz 1 ano e 10 meses que cheguei no Kuwait.

Posso afirmar, sem sombra de dúvidas, que sou outra pessoa; não sou a mesma e isso se deve 50% pelas experiências vividas e 50% ao Islam.

Apesar de eu ainda ser bastante impaciente, posso dizer que aprendi a ser paciente.

Apesar de eu ainda ser bastante ansiosa, posso dizer que estou menos ansiosa.

Apesar de ainda ser “menina”, posso dizer que amadureci bastante.

Vivenciar uma cultura totalmente diferente da sua faz você repensar seus valores, seus ideais, seus conceitos e preconceitos… Faz você ver e perceber coisas que, antes, passavam despercebidas, seja porque você não dava valor ou por julgar “comum”…

Descobri coisas que estão “mortas” na nossa sociedade Ocidental, mas que são de extremo valor para o bom funcionamento da dinâmica social. Descobri que coisas “retrógadas” e “caretas” são essenciais para um harmônico convívio em sociedade (não é à toa que o índice de violência por essas bandas é quase zero).

Sou uma nova Simone, uma nova mulher, nem melhor e nem pior, apenas diferente.

Publicado em Islam, Kuwait style of life | Marcado com , , , , , , , , , , | 3 Comentários

Me reverti ao Islam

Isso mesmo que voces estao lendo: agora, sou uma muculmana e com muito orgulho. Sou muculmana desde inicio de abril de 2012.

Ha muito que venho lendo a respeito, buscando informacoes e conhecimento do que eh isto, ainda mais com um enorme preconceito e desinformacao que toma conta do “Ocidente”  envolvendo muitos mitos e lendas urbanas.

Primeiro ponto analisado: o Islam nao eh NADA do que a midia passa; os muculmanos nao sao terroristas, nao vivem se matando uns aos outros (inclusive, os menores indices de criminalidade estao nos paises de maioria islamica), a mulher nao eh uma oprimida por cobrir sua cabeca, o Alcorao nao fala em “matar os porcos infieis” e os atentados suicidas sao vistos como grave haram (pecado), porque a vida eh sagrada no Islam e as pessoas nao podem decidir por fim por elas mesmas.

Tudo o que voce le/ve na TV e nos jornais, esqueca! Tudo abobrinha. Alguns livros que pretendem “retratar” o “modo de vida” nos paises de maioria muculmana, esqueca! Pura ficcao! Diria que coisas dignas de Mil e Uma Noites!

Segundo ponto:  temos que manter uma coisa muito importante em mente: nao podemos confundir religiao com cultura e/ou tradicoes seculares. Nao podemos confundir o Islam com alguns muculmanos (seria o mesmo que dizer mal do Catolicismo, porque os mafiosos sao catolicos e ateh “encomendam” os corpos de suas vitimas). Al-Qaeda e Taleban nao eh o Islam! Mutilacao Genital Feminina que ocorre nos paises africanos nao eh o Islam! Forcar o uso da Burka nao eh o Islam! Casamento forcado nao eh Islam! Maltratar a mulher nao eh Islam! Entre tantas outras coisas que a midia tenta dizer que eh Islam, mas que nao eh, nao estah nem escrito no Alcorao e nem nas tradicoes do Profeta Mohamed (SAWS) e nem nos ditos do Profeta (SAWS).

Sou muculmana com muito orgulho. O Islam eh perfeito; os muculmanos, nao. Mas isso nao tira a beleza e a maravilha que eh o Islam.

Allah (Deus) eh maravilhoso e lembramos dEle, no minimo, 5x ao dia em nossas oracoes obrigatorias. E a lembranca dEle sempre nos acalenta e acalma nossos coracoes.

Publicado em Islam | Marcado com , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Retomando!!!!

Aviso aos meus leitores: depois de algum tempo, retomo as atividades no meu blog!!!!

Trarei mais noticias diretamente do Kuwait: estilo de vida, alimentacao, moda, comportamento, etc., etc., etc..!!!!

Nao percam meu proximo post: Me reverti ao Islam!!!! 😉

Publicado em Não categorizado | Marcado com , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Ainda sobre o Ramadan…

Durante o Ramadan, não é permitido beber ou comer em público, principalmente em respeito a quem está jejuando. Quem desobedece, está sujeito ao pagamento de multas.

As pessoas que, porventura, não puderem jejuar neste período (mulheres grávidas e lactantes, mulheres menstruadas, pessoas com alguma doença temporária), terão que, depois, cumprir o tempo de jejum que ficou faltando.

Pessoas idosas, crianças e doentes não jejuam, estão isentos de jejuar e de “pagar” a posteriori.

O jejum, além de incluir alimento e líquidos, também inclui cigarro, sexo e medicamentos. Tudo isso é permitido tão somente após o Iftar.

O Ramadan também é um período que as pessoas refletem mais sobre os ensinamentos de Deus (Allah) e leem mais o Alcorão. As mesquitas também ficam lotadas nesta época do ano e os sermãos das sextas-feiras têm muito mais presentes do que o normal.

Algumas pessoas fazem a peregrinação à Meca neste período ao invés da época do Hajj.

Publicado em Kuwait style of life | Marcado com , , , , , , , , , , , | 9 Comentários

Ramadan

Bem, verdade que o mês do Ramadan terminou e fiquei devendo um post falando como a vida se transforma por essas bandas neste período. Agora, vou escrever. Antes tarde do que mais tarde, né???? rsrsrsrsrs

O Ramadan é o mês onde o Alcorão sagrado foi revelado ao Profeta Maomé. É um período de reflexão, de agradecimento e valorização de tudo o que temos.

O jejum, ao contrário do dos cristãos, inclui água também e só se dá durante o dia (por dia, entenda-se o período que o sol está brilhando). Há uma primeira refeição que se dá antes da primeira oração, por volta das 04h). Depois, não é permitido beber ou comer até por volta das 19h (o horário vai variando, no início do Ramadan, era às 19h, no final, já estava em 18h15), onde as pessoas podem, então, se alimentar.

Durante o dia, os restaurantes estão todos fechados!!! Sim, quem não jejua deve levar seu alimento de casa, porque não há restaurantes abertos. Se você esquecer sua quentinha, um abraço, você será forçado a “jejuar”.

Os restaurantes abrem, em média, uma hora antes, onde começam a preparar os alimentos para que estejam prontos quando for o horário de se quebrar o jejum.

Para quebrá-lo, é aconselhável comer tâmaras e beber água para, então, alimentar-se normalmente. Outra dica é você comer o que come usualmente, tanto na primeira refeição quanto na refeição do Iftar (da quebra do jejum), sem exageros.

Aliás, MODERAÇÃO é a palavra de ordem neste período: é você controlar suas atitudes, seu linguajar, é ter auto-controle, é você ser mais caridoso…

As festividades do Ramadan variam de país para país. Aqui, no Kuwait, as casas não são enfeitadas com “fanos” (as lanternas, um dos símbolos do Ramadan) ao contrário de como é no Egito – segundo informações de amigos. Aqui, a quebra de jejum é mais fechada em núcleos familiares, enquanto que, no Egito, as pessoas saem às ruas para celebrar.

Publicado em Kuwait style of life | Marcado com , , , , , , , , , , , | 4 Comentários